Início Cabelo S.O.S cabelos no verão

S.O.S cabelos no verão

Ahhhh, que drama! As maiores delícias do verão, como sol, praia e piscina, também são inimigas número um dos cabelos, deixando eles ressecados, quebradiços e sem vida. Mas sabia que manter os fios bonitos e saudáveis até nessa época do ano nem é tão difícil assim?! Com alguns cuidados básicos e pequenas mudanças de hábitos, você vai atravessar a temporada com tudo em cima!

Para isso, conversei com o super dermato Marcelo Bellini, diretor da Clínica Corpo em Evidência, em São Paulo, e elaboramos um guia prático para cuidar dos fios durante o calor. Acredite: você vai curtir todas as delícias da piscina e da praia sem peso na consciência. Vamos lá?

Cabelo x Sol
O sol deixa o cabelo quebradiço, frágil, sem brilho e sem vida e ainda te rende vááárias pontas duplas, tudo o que a gente não quer, né? Por isso, tenha sempre na bolsa de praia um bom leave-in com fator de proteção solar. Versões em spray são ótimas, pois são fáceis de espalhar e não melecam. “Escolha também produtos formulados com nutrientes como bio-restore, ceramidas, manteiga de karité, lunamatrix, manteiga de Illipê e lanolina, que também ajudam a proteger os fios contra as agressões do sol e hidratam”, ensina o médico.

#Ficadica:
Brume Jour Protectrice, de Kerastase, R$ 95
Protective Sun Milk K-PAK, Joico, R$ 93
Leite para pentear linha Solar, da Elséve, R$ 9,50
Leave-in Protetor de Verão, L’Occitane, R$ 83

Cabelo x Mar
O sal da água do mar abre demais as cutículas dos cabelos, deixando o fio mais poroso. O resultado? Todos os nutrientes essenciais que ficam lá dentro da fibra capilar acabam indo embora. Com isso, o cabelo perde a maciez, fica opaco e suuuuper ressecado. É claro que ninguém aqui vai te impedir de se jogar no mar. Mas para amenizar o desastre capilar, siga as dicas do Dr. Marcelo:

1) Tome uma ducha de água doce sempre depois que entrar no mar e retire bem o excesso de sal dos cabelos.

2) Use um leave-in antes de ir à praia. Sempre depois do mar ou da ducha de água doce, lembre-se de reaplicar o produto.

3) Mergulhe com o cabelo preso para diminuir o contato do cabelo com a água salgada.

4) Aposte em chapéus e bonés para proteger os fios molhados dos raios solares. A combinação “sol + cabelo com água do mar” detona com a saúde dos fios.

5) Se você pinta o cabelo ou tem mechas, redobre sua atenção para não desfilar por aí com a cor desbotada. Fazer uma hidratação profunda toda semana e usar um bom leave-in são regrinhas básicas para as coloridas. Além disso, tenha sempre no boxe do banheiro xampu, condicionador e máscara específicos para cabelos tingidos, que protegem e aumentam a fixação da cor.

#Ficadica:
Spray Leave-In Color Extend Sun Hightlight Guard, da Redken, R$ 78
Xampu linha Verão, da Phytoervas, R$ 13
Máscara pós-sol linha Plant, da Natura, R$ 17,70
Xampu protetor contra mar e piscina, da Neutrox, R$ 2

Cabelo x Piscina
O cloro da piscina, além de ressecar os fios e causar pontas duplas, fica totalmente impregnado no cabelo. Para as loiras de plantão ainda tem mais um agravante: aquele aspecto esverdeado que surge alguns dias depois da piscina. “Não é o cloro que dá esse tom esverdeado aos fios. O causador do problema é o sulfato de cobre que é utilizado no tratamento das piscinas. Ele se liga a queratina do fio de cabelo e provoca a cor esverdeada”, explica o dermatologista.

Se quer prevenir essa chatice, abuse do leave-in, que vai criar uma barra protetora nos cabelos contra a ação do tal sulfato de cobre. Além disso, lave os cabelos com um xampu anti-resíduos uma vez por semana, para retirar o excesso de cloro acumulado.

Ihhh, o cabelo ficou verde? O Dr. Marcelo ensina dois truques caseiros para contornar a situação. “Um jeito é misturar leite e água e aplicar nos cabelos. Outro é passar um pouco de vinagre de maçã nos fios. Tudo isso ajuda a neutralizar o tom verde”.

Cabelos molhados e presos: um perigo!
Nem pense em prender os fios molhados depois do banho, ok? Além de quebrar os fios, cabelos úmidos e presos podem causar probleminhas chatos no couro cabelo, como dermatite e seborréia, e queda dos fios. O ideal é secar os cabelos com o secador (para não sentir calor, coloque no modo frio) e só depois prendê-los. Para evitar a quebra, compre elásticos de tecido e bem acolchoados e, na hora de desembaraçar, use um pente de madeira com dentes largos.

Abaixo o frizz!
O frizz acontece quando as cutículas do cabelo ficam mais abertas e fragilizadas e os fios mais porosos. O probleminha (de arrepiar os cabelos, literalmente) acerta em cheio principalmente os fios mais ondulados, já que a oleosidade às vezes não consegue se distribuir de forma uniforme. Daí, para piorar situação, vem o vento, a água do mar e o sol, fatores externos que agravam ainda mais a saúde dos cabelos. Para driblar a chatice, é só seguir direitinho esse bê-á-bá:

1) Tome cuidado na hora de pentear os fios: use um pente de madeira ou de osso com dentes bem largos, já que eles reduzem a eletrostática dos fios. Fuja das versões de plástico.

2) Desembaraçar o cabelo ainda no banho, hora de tirar o condicionador, também é uma boa pedida. O pente desliza com mais facilidade e as chances de quebra são menores.

3) Nesse período, pegue leve na chapinha e no secador quente. Se for usar, lembre-se de aplicar um protetor térmico antes.

4) Não abuse de cremes e leave-in, pois na hora de lavar para retirar o acúmulo de resíduos, os fios podem ficar ainda mais arrepiados. O cabelo fica com aquela cara oleosa, sem vida e muito pesado. #NOWAY!

5) Um dos seus BFF´s nessas situações é um anti-frizz à base de lótus. As essencias dessa flor, famosa lá do oriente, conseguem criar uma película protetora nos cabelos, bloqueando toda a umidade que causa o frizz. Passe o equivalente a uma moeda no comprimento dos cabelos úmidos. É infalível! Se quiser, finalize com um jato frio de secador, que ajuda a abaixar os tais fiozinhos.

#Ficadica:
Eliminador de frizz Lótus Shield, da Avon, R$ 19,90

O leave-in
Sim, ele é um super aliado no verão, porque faz uma verdadeira blindagem dos fios, protegendo o cabelo contra as agressões do sal, cloro e também do sol. Mas como eu já falei aí em cima, abusar do leave-in pode deixar o cabelo oleoso e pesado. Portanto, o certo é aplicar só um pouquinho do produto, apenas no comprimento e nas pontas. Nunca, jamais, never passe perto da raiz, mesmo que seu cabelo seja mega ressecado, ok? O resultado é desastroso. E espalhe o produto pelos cabelos molhados e nunca secos.

Cabelo alisado x Piscina
Escovas progressivas, definitivas, relaxamentos… Qualquer tipo de alisamento pode entrar “em choque” com a química da água da piscina. Isso aumenta, e muito, o ressecamento dos fios, piora o frizz e acaba com o brilho natural. Além disso, quando você vai muito à piscina, o alisamento acaba durando menos tempo do que o previsto. Para driblar a situação, a regrinha é a mesma: use SEMPRE leave-in antes de entrar na água e lave os fios com um xampu de limpeza profunda uma vez por semana para retirar o cloro.

Ficou com alguma dúvida? Pergunte lá no meu twitter (@Gabicartaxo)!

Ahhh! E a sortuda que ganhou a chapinha fofa da Gama Italy foi a Jéssica Franklin, de São Paulo/SP! Parabééééns!

Caion Alves
Diretor geral do Central Blogs e da rede Brasmarketing de conteúdo digital.

Deixe uma resposta

+ Recentes

+ Populares