Início Música "Tudo se foi:" Bahamas está atordoada com a passagem do furacão Dorian

“Tudo se foi:” Bahamas está atordoada com a passagem do furacão Dorian

Moradores das Bahamas conferem os destroços de suas casas e as autoridades avaliam o número de mortos pelo furacão Dorian, quando a tempestade se abateu sobre a costa da Carolina do Sul na quinta-feira, ameaçando uma inundação recorde.

Cerca de 70.000 pessoas nas Bahamas precisaram de ajuda humanitária imediata após a tempestade mais prejudicial que já atingiu a ilha, segundo as Nações Unidas.

O vídeo aéreo das Ilhas Abaco mais atingidas no norte das Bahamas mostrou uma devastação generalizada, com o porto, lojas, locais de trabalho, um hospital e pistas de pouso nos aeroportos danificados ou dizimados, frustrando os esforços de resgate.

Uma das mais poderosas tempestades caribenhas registradas, Dorian foi considerado um furacão de Categoria 5 quando matou pelo menos 20 pessoas nas Bahamas. As autoridades esperam que esse número aumente, disse o primeiro-ministro Hubert Minnis em um briefing de notícias, já que a retirada das águas das enchentes revelou o alcance da destruição.

Um dos sobreviventes da tempestade nas Ilhas Abaco, Ramond King, disse que observou ventos tortuosos arrancando o telhado de sua casa e, em seguida, agitou a casa de um vizinho para arrancar toda a estrutura para o céu.

“Isto não pode ser real, isto não pode ser real”, lembrou King. “Nada está aqui, nada mesmo. Tudo se foi, apenas corpos”.

Com os telefones desligados em muitas áreas, os moradores postaram listas de entes queridos desaparecidos nas mídias sociais. Um post no Facebook pela mídia Our News Bahamas teve 2.500 comentários, listando principalmente os membros perdidos da família.

Dorian matou uma pessoa em Porto Rico antes de pairar sobre as Bahamas por dois dias com chuvas torrenciais e ventos fortes que provocaram ondas de tempestade de 3,7 a 5,5 metros (12 a 18 pés).

Deixe uma resposta

+ Recentes

+ Populares